quarta-feira, 20 de abril de 2016

A Estrela de 5 pontas- Pentagrama

A Estrela de 5 pontas- Pentagrama




Conhecido pelos antigos mesopotâmios (por exemplo, os sumérios), foi muito considerado por Pitágoras, que observou sua relação com o número áureo.
A maioria dos autores opina que o pentagrama foi primeiro conhecido e estudado pelos babilônios e que, daí em diante, o tomaram os pitagóricos devido à coincidente associação do pentágono regular com o cosmos e a ordem divina. Ainda assim, existe quem ponha isso em dúvida, pois o sumário atribuído aos neoplatônicos Eudemo de Rodas e Proclo menciona que os pitagóricos apenas conheciam três dos poliedros regulares, desconhecendo o octaedro e ao icosaedro.
A explicação dada é que eles os conceberam da forma dos cristais naturais e de uma dedução matemática, o que iria contra a herança babilônica.[2]
Desde então, se deu um uso místico-mágico e outro científico; na magia, o pentáculo com sua ponta voltada para cima significa o ser humano (durante a Idade Média, se esboçavam longos pentalfas para, sobre eles, se desenharem figuras humanas, e isto pode se verificar no célebre escrito de Leonardo da Vinci para o livro "A Divina Proporção", de Luca Pacioli). A magia tem o pentagrama como um de seus símbolos principais. 
Pentagrama
Na ciência propriamente dita, a estrela pentagrama é um interessante diagrama que descreve várias leis matemáticas: se encontra representada nos logaritmos, na sequência de Fibonacci, na espiral logarítmica, nos fractais etc..
Fonte : Wikipédia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários são bem-vindos, porém são moderados.

- Digite seu comentário
- Escolha um Perfil (se não tiver nenhum dos perfis, escolha "Anônimo", e, se possível, coloque seu nome no corpo do comentário para sabermos quem você é).
- Para visualizar se está conforme deseja, clique em "Visualizar"
- Para enviar seu comentário clique em "Postar Comentário".

Obrigada !